Cobertura: 4º Sábado de Concentra Mas Não Sai 2013

E o Concentra se despediu do seu público fiel e cativo da maneira mais simples: com alegria e paz! Dessa vez sem ninguém se perdendo de ninguém, tudo bem organizado, a banda afinada e aquela participação especial, que já data 11 anos que vai ao Concentra, que é o Waldonys. O Concentra é um Bloco que se destaca pelo anonimato nas elites. Quem o conhece bem é o povão! Aquela senhora do alto dos seus 65 anos sabe que, pelo menos quatro vez ao ano, tem uma festa boa para ir.

Aquele senhor que se veste de Elvis Presley e fica distribuindo beijos e sorrisos. Aquela senhora fantasiada de Carmem Miranda. O papangu e a ausente Emília: o Bloco é deles! Dos anônimos que compõem essa massa de quase 3 milhões de habitantes de nossa capital. Não é exagero dizer que vem gente desde a Praia do Futuro até o Antônio Bezerra, já esbarrando na Caucaia. Eu mesmo conheço gente dos dois extremos que não perde um sábado! A amiga lá do Genibaú que vem sempre com sua sobrinha. Além dos comerciários que largam o trabalho e já aproveitam a folia, ali mesmo, sem tirar a farda da firma que trabalha.

Podem vir e passar modinhas, baterias, pilhas, cordões, seja o que for! O Concentra sempre terá um lugar reservado em nossos corações. Uma janela de sábado aberta para alegria passar. E mesmo vocês que não o apreciam pois vão para Praia que o mar carregou, um dia vocês o reverenciarão, assim como a tranquilidade e segurança que ele inspira. E lá farão coro nas vozes anônimas da Praça mais alencarina de todos. A praça do boticário Ferreira.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>