E já se vão 55 anos daquele Bar na Francisco Pinto…


Seu Chaguinha, Dona Arabenes e Vanda, filha do Casal

O ano era 1956 quando o sr. Francisco Ferreira Neto, vulgo Chagas, veio do Piauí acompanhando seu Sogro para tratamento médico em nossa Capital. Mal sabia ele que aqui no Ceará existe uma maldição que diz que quem dessa água bebe nunca mais quer ir embora. Depois de beber de nossa fonte Seu Chaguinha resolveu abrir uma budega, a princípio meio tímida, mas que aos poucos foi conquistando a simpatia do público da Gentilândia. Sempre muito sortida com gêneros alimentícios de toda qualidade a budega se estabeleceu e foi variando seus produtos. Entretanto anos depois com a chegada dos grandes supermercados à capital como Romcy, Jumbo, São Luiz, o negócio foi declinando e ele estrategicamente substituiu os alimentos por bebidas e pratos bem nordestinos para tiragosto. E não é que deu certo?


A patota ensinando que fazer samba não é surrar um tamborim

Estamos em 2011 e é com muito orgulho que todo o bairro da Gentilândia está em júbilo pela data tão longeva. Os Parabéns estão sendo entoados durante as noites de sexta-feira Fevereiro pelo Luxo da Aldeia. Tudo bem que o Bloco homenageia apenas Cearenses mas Seu Chaguinha já o é por adoção e de coração. Nós do Aidentu desejamos que venham mais décadas e que Seu Chaguinha continue com sua budega nos brindando com sua panelada, histórias e a tradição que a nós tanto faz falta. Não quero novidade, quero a budega do Seu Chaguinha ad eternum

Leia mais em Matéria no Jornal O Povo

3 comments to E já se vão 55 anos daquele Bar na Francisco Pinto…

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

  

  

  

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.